Higienização de Espaços e Equipamentos

 

 A Higienização: Objectivos e Etapas

 

Durante o decorrer de diversas actividades, verifica-se a acumulação dum conjunto de

materiais indesejáveis, entre os quais restos de alimentos, corpos estranhos, substâncias

químicas do processo, e microrganismos. Esta situação pode resultar do processo de produção

normal, como é o caso da adesão de restos de alimentos às superfícies de trabalho, ou de

anomalias no processo, como por exemplo, as resultantes de contaminação por deficiente

manutenção dos equipamentos ou de contaminação ambiental. Estes materiais indesejáveis,

são habitualmente designados

 

Dentro dos materiais indesejáveis mencionados, deve ser dada especial atenção à

eliminação e controlo dos microrganismos, sobretudo dos microrganismos causadores de

doenças (patogénicos) e dos que causam a deterioração do produto.

A higienização deverá, assim, assegurar a eliminação das sujidades visíveis e não

visíveis e a destruição de microrganismos patogénicos e de deterioração até níveis que não

coloquem em causa a saúde dos consumidores e a qualidade do produto. Deverá ser

respeitada a integridade das superfícies de trabalho e deverá haver o cuidado de eliminar

qualquer químico utilizado no processo de higienização. Dependendo do processo de fabrico,

do tipo de produto, do tipo de superfícies e do nível de higiene requerido, a higienização pode

ser efectuada apenas através de uma

desinfecção (L+D)

 

ACIB - Manual HEE.pdf (972,7 kB)

Comentários

Solidariedade

Data: 27-07-2014 | De: Abílio Martins

Um autêntico código de sã conduta entre classes e gerações em benefício dos mais carenciados

Caridade

Data: 27-07-2014 | De: Abílio Martins

Um autêntico código de sã conduta intergeracional

ACIB- Manual HEE

Data: 01-08-2012 | De: Lurdes Batista

Doc de trabalho muito interessante. Ob. por disponibilizar.

Novo comentário